Eng. Materiais – Estágios Não Obrigatórios

Orientações para realização do Estágio não Obrigatório

  • ATENÇÃO:
  1. Neste momento excepcional (suspensão das atividades presenciais) os procedimentos das assinaturas nos documentos de estágio sofreram adaptações. Para entender a nova sistemática clique aqui.

 

Primeiramente leia o Regulamento de Estágios do Curso

O Estágio não obrigatório é aquele desenvolvido como atividade opcional (não se trata de uma disciplina do curso) acrescida à carga horária regular e obrigatória, regulamentado na Lei de Estágios 11.788/2008 e no Regulamento de estágio do curso da Engenharia de Materiais.

O tipo de estágio e tarefas a serem desenvolvidas devem ser relacionadas com a natureza do curso de Engenharia de Materiais da UFSC, conforme previsão no projeto pedagógico.

Como proceder?

    1. Aluno deve estar efetivamente matriculado em disciplina(s) do curso.
    2. Aluno procura o local do estágio, define tarefas e duração do estágio em conjunto com a empresa concedente e a UFSC.
    3. Caso o local de estágio não seja a UFSC, o aluno verifica se este possui convênio vigente com a Universidade. Para consulta, entre em contato com a secretaria de estágios (estagios.bnu@contato.ufsc.br) e forneça o CNPJ da concedente para consulta. Se a empresa/instituição não for conveniada, deverá estabelecer o convênio (procedimento que será informado pela secretaria).
    4. Aluno entra em contato com um professor de sua preferência da Engenharia de Materiais (cuja área de atuação tenha relação direta com as tarefas do estágio) e verifica a disponibilidade do professor em ser o orientador do estágio.
    5. Aluno solicita o estágio no sistema SIARE. Confira as informações que devem ser inseridas no pedido de estágio, disponível no Manual do Estágio não Obrigatório.
    6. O Programa de Atividades de Estágio (PAE) deverá ser composto por um parágrafo geral (no próprio pedido de estágio, em campo específico) com descrição do objetivo geral e por itens com as macro atividades previstas de serem realizadas para se atingir o objetivo.
    7. O TCE é disponibilizado ao Coordenador de Estágios que o analisará (observados os pré-requisitos: número de créditos na fase, área do estágio, bem como matrícula na disciplina, entre outros).
    8. Se o TCE estiver Ok, o Coordenador de Estágios entra no SIARE e homologa o TCE.
    9. Com a homologação dada, o SIARE libera a opção para o aluno fazer o download do TCE a fim de solicitar as assinaturas das partes (antes mesmo de iniciar o estágio).
    10. Após assinatura das partes, preferencialmente por meio digital, o contrato deverá ser encaminhado ao Coordenador de Estágios e Secretaria de Estágios (w.santana@ufsc.br e estagios.bnu@contato.ufsc.br) para que seja realizada a baixa do TCE no SIARE. A partir deste momento o estágio fica regular e oficializado.

Atenção: Todos os documentos de estágio (TCE, aditivo, rescisão, RAENO final) gerados pelo SIARE devem ser assinados pelas partes e enviados o mais breve possível para respectiva baixa no prazo máximo de 30 dias, sob pena de rejeição automática do estágio pelo sistema.